Followers

Sunday, July 6, 2014

Os Replicantes / 06. O Futuro é Vortex

Caiu pra bandas do amanhã

Ele partiu pra não voltar
Ele levou seu talismã

Foi para Vórtex
Aonde o sol já virou lua

Ele precisa aprender a morrer
Mandando chumbo até o cano derreter
Ele não gosta do lugar

Esta em Vórtex
Aonde o sol já virou lua

A barra é braba no futuro
Tá tudo no mesmo lugar
Lá também se nasce duro
Pra comer tem que matar

Ele precisa aprender a morrer
Mandando chumbo até o cano derreter
Te mantém ai na tua

Porque em Vórtex
O nosso amigo sol há muito virou lua

Os Replicantes --- One Player

 Enfio a ficha no buraco, dou um soco só pra incomodar

Fecho os olhos sinto o corpo
Minha nave já vai decolar
Nada levo nesse espaço, quem comanda é a minha mão
Nessa tela é que eu traço meu futuro, minha vocação
Não volto mais, não quero paz
Nem mocinho nem bandido, sou um perseguido
Fujo do inferno com a minha nave
Vou atrás das luzes, crio tempestades
Mato quem se atreve a entrar em contato
O meu tempo se esgota, minha vida está nesse botão
Minha nave segue a rota quando tudo vira escuridão
No meu bolso não tem ficha
Pego a pasta e visto o blusão
E navego como um cego de volta pro balcão